Mercado de Trabalho - Vagas

Previous
Next

O Profissionalismo das Empresas e Candidatos nos Processos Seletivos

Ter uma postura profissional durante um processo seletivo é de fundamental importância para demonstrar, principalmente no primeiro contato, adequação para integrar os quadros da organização contratante. Entretanto o profissionalismo vale para ambas as partes: para a Empresa, na figura do Headhunter ou Entrevistador, e para o Candidato.

O Entrevistador deve ser claro e objetivo ao explicitar os desafios do cargo, a cultura organizacional, etc.O Candidato, por sua vez, deve ser honesto ao colocar suas habilidades e experiências demonstrando ser o profissional adequado para a organização. A primeira etapa da entrevista é determinante, pois se inicia uma fase em que Empresa e Candidato têm a oportunidade de se conhecerem.

É fundamental para o candidato conhecer a empresa que vai entrevistá-lo, consultar sua página na Internet, seus clientes, área de atuação, serviços, produtos, etc. Entretanto nem sempre é possível, pois, muitos processos seletivos, principalmente aqueles conduzidos por headhunters, mantém sigilo da empresa contratante. Logo é impossível conhecer a empresa.

Fala-se muito em escassez de talentos, comenta-se que existem muitos profissionais com formação superior, entretanto não qualificados quanto à experiência técnica adquirida. Por outro lado, poucas empresas estão dispostas a investir no profissional e implementar programas de treinamento objetivando suprir carências. É claro que as organizações somente investirão em pessoas que tenham potencial para formar suas equipes.

Considero grave o que ocorre na maioria dos processos seletivos atualmente: A falta de feedback.  Acredito ser de responsabilidade das empresas – na figura do entrevistador ou headhunter –  informar o candidato quanto as etapas do processo seletivo, e principalmente, ao final do processo, informar aqueles que foram preteridos, deixando claro que o fato de não ter sido aprovado no processo seletivo não significa necessariamente alguma deficiência profissional. Não é justo e muito menos profissional deixá-los na expectativa.

Marco Aurelio
Administrador do Site
Engenharia Civil Brasil